Planejando o Próximo ano.

Pra você que acha difícil até planejar o seu almoço, não se preocupe, planejar o seu futuro próximo além de fácil é divertido.

Estamos chegando perto do final do ano, quando as coisas não resolvidas começam a se acumular para dezembro, com um rio com que tem  uma represa, com os galhos, tocos  e coisas  que o rio vai trazendo durante o seu caminho e que vão se empilhando perto do final. O projeto que foi sendo adiado, o curso que não deu pra começar, etc. E dai vai batendo o pavor de chegar no final de ano sem ter feito nada daquilo que você queria.

represa

 

Experimente fazer este exercício, tenho certeza que vai ser bem esclarecedor. Ache um lugar e um tempo só pra você, e tenha certeza que não será interrompido. Com uma folha de papel em branco e um caneta, comece a escrever todas as coisas que você quer fazer no próximo ano, mesmo que tenha que começar neste ano ainda. Liste todas elas, não seja tímido.

Também não entre em detalhes de cada projeto, escreva simplesmente ” Aprender uma segunda língua”, sem data de início, nem tempo, só aquilo que você quer fazer. Se achar mais divertido solte a imaginação e aumente sua lista.

Muito bom. Lista feita, guarde ela até amanhã, já foi muita emoção para um dia só! 🙂

No outro dia, o truque é olhar para a lista novamente, e riscar as coisas que terão uma conclusão muito longa, que precisam de vários passos antes para serem concluídas. Fique com os objetivos mais simples e realizáveis.

Se quiser pode deixar a sua lista para uma nova revisão no outro dia ainda, (temos tempo, faltam quatro meses para acabar o ano), mas se você gosta de emoção mesmo, demore-se pensando na importância de cada um para este momento da sua vida. Qual deles tem mais ligação com o presente, qual vai te deixar mais feliz,  qual é mais importante para a sua carreira atual, qual deles esta sendo adiado por anos, de uma chance para este, reflita o suficiente para ficar satisfeito e orgulhoso da sua lista de objetivos para o próximo ano. Reveja a sua lista até restarem apenas quatro objetivos.

Sim, só quatro! Não são cinco, nem três, são quatro!

A parte divertida deste processo é poder colocar e tirar objetivos da lista ao seu bel prazer, afinal você é dono  da sua vida, mova ela para o lado que quiser.

O objetivo final deste exercício é ter apenas os quatro objetivos escritos  em uma folha de papel. Se conseguiu isso, parabéns, você merece um descanso, porque esse processo é divertido mas cansa! Ufa!

Parabéns, você tem agora uma lista do seu futuro próximo.

O que fazer com ela?

Isso já é matéria para o próximo post. 😉

Me escreva para tirar suas dúvidas e dificuldades.

Grande abraço,

Gérson.

 

Ano Novo, Vida Nova. Esqueça o passado, e comece do zero!

Eu acredito que esta é uma das melhores épocas do ano.   Em alguns dias teremos um ano inteiro para planejar e levar a vida pra onde queremos. Não é sensacional??

Imagine!! Uma oportunidade para repensar a vida, o trabalho, os relacionamentos, fazer  um grande balanço geral. Jogar no lixo o que não serve mais, abrir espaço para coisas novas, trabalhos novos, relacionamentos novos, arejar os armários e a alma. Deixar o sol entrar naquele canto da alma que não pega luz em condições normais.

É tempo de mudança!

E você!!?? O  que vai mudar?

Se estava esperando uma oportunidade, ela chegou! Agora é a hora!! Lembre do último final de ano, quando você ficou  com preguiça de mudar a sua vida e decidiu empurrar com a barriga mais um ano de frustrações?  Se tivesse feito isso  no ano passado, já estaria mais perto do seus sonhos agora.

Novos Horizontes

Quando um aluno novo começa comigo pra fazer o acompanhamento para iniciantes do Neotriad, a primeira coisa que faço, é uma grande faxina, pedindo que o aluno junte toda a papelada que esta sobre sua mesa, e transforme ela  em três pilhas de papéis ( … uma tríade, que coincidência….) Uma deve ser a pilha das coisas que vão para o lixo, porque já perderam a utilidade e não servem mais pra nada. A segunda pilha é a do Arquivo, onde estarão todas as coisas resolvidas, e que só ainda não foram guardadas.  E a mais importante, é a pilha que sobrou, a pilha de papéis que requerem alguma ação sua para serem resolvidos.

Esta tática além de tirar um peso dos ombros, da uma sensação de liberdade incrível. O que facilita muito a tarefa de planejar o futuro.

É preciso cabeça fresca para poder pensar para frente.

Experimente, e depois me conte como foi: euusoneotriad@yahoo.com.br

Abraço,

Gérson.