PNL, O Poder do Hábito e Coach. O que tudo isso tem haver com Gestão do Tempo?

Mas e ai pessoal, tudo certo?

Com a aproximação do final do ano, começam as reflexões sobre se este ano valeu a pena, o que ainda falta fazer, o que eu não vou conseguir fazer mais, e todo aquele balanço anual tradicional.

Pois pensando nisso, eu lembrei de tudo o que aconteceu neste ano, de todos os treinamentos que participei, dos cursos, e que ligação cada um tinha com a Gestão de Tempo.

Cada um contribuiu com um pedado de conhecimento, mudando pequenas partes para que no final, ainda falte um empurrãozinho pra você engrenar na boa gestão do seu tempo.

A contribuição da Programação Neurolinguística, é o entendimento do porque fazemos algumas coisas mesmo que nos atrapalhem. Onde alguns comportamentos estão gravados e como podem ser reprogramados para um resultado melhor. Você descobre que tem crenças que limitam o seu crescimento, que você nunca se deu conta de que tinha isso. Quando você apenas descobre que esta crença existe é libertador, mesmo ainda não tendo se desfeito desta crença.

Com a Neurolinguística você aprende a visualizar novas situações que farão você melhorar seu desempenho, fazendo você ganhar mais tempo.

Qual o hábito que você quer mudar?
Qual o hábito que você quer mudar?

A leitura do livro O Poder do Habito, foi muito revelador pra mim. Devorei ele rapidamente. Depois que comecei, não consegui  mais parar de ler.  Nele eu entendi como nasce  um hábito. Como o nosso cérebro  funciona na hora de criar ou substituir um hábito, qual o mecanismo e como usar o mesmo  processo para instalar  um bom  hábito.

Com esta informação, pude examinar hábitos que tinha e pude modificá-los ou ajustá-los para que eu pudesse ficar melhor. Alguns destes hábitos podem estar fazendo você perder tempo inconscientemente.

 

E fechando o ciclo esta o Coach. O coach via usar algumas ferramentas de PNL, vai promover o seu autoconhecimento, e descobrir porque você faz, o que faz. Vai te ajudar na definição do seu propósito, das coisas que são realmente importantes pra você, e vai te acompanhar nesta jornada para que você ande com as próprias pernas.  Comportamentos são  entendidos, assimilados e modificados, e a figura do Coach esta ali para ser o facilitador destas descobertas.

o-que-e-coaching-profissional

 

Este é o objetivo do Coach em Gestão de Tempo ou Time Coaching, ajudar você a ter mais tempo, pra você e para o seu trabalho e sua família.

Afinal, tudo esta conectado!

Grande abraço,

Gérson.

 

 

O Poder do Hábito, na gestão do tempo.

Comprei ele totalmente por acaso, seguindo minha teoria que o livro é que escolhe o leitor, não o contrário!

Estava passeando na livraria com a minha doce Patrícia, ela comprou um livro, e brincando, eu disse que também queria um! Então olhei e achei interessante  o título “….porque fazemos o que fazemos na vida e nos negócios”.

Qual o hábito que você quer mudar?
Qual o hábito que você quer mudar?

Não consegui mais desgrudar do livro. Ele sabia coisas sobre mim que eu mesmo desconhecia!  Não tenho a menor pretensão de explicar o que ele explica no livro (que indico fortemente), mas achei várias ligações com o nosso assunto da gestão do tempo, porque muitas coisas que fazemos hoje, e que nos fazem perder tempo, fazemos sem nos darmos conta!

Por isso alguns devem perguntar como o dia passou tão rápido que eu não vi? Porque podem ter passado dia fazendo coisas que nem se dão conta, puro hábito, que não mereceu nem ser registrado com louvor pelo cérebro.

Me dei conta que em muitas coisa eu faço sem pensar, porque o meu cérebro já gravou isso como uma rotina, e me liga no piloto automático, e faço como um robô.

Incrível!

Quando vocês lerem o livro, vão saber melhor que eu estou falando, mas vou tentar dar uma explicação breve disso.

Quanto temos uma situação não conhecida, como dirigir até uma padaria nova, nosso cérebro entra em total alerta, nossos sentidos estão no máximo de suas percepções, e estamos atentos a tudo, porque precisamos encontrar esta padaria nova que ainda não conhecemos, em uma rua que não estivemos antes. Alerta toral, cérebro em total atividade.

À medida, que vamos indo mais seguido nesta padaria, nosso cérebro, vai gravando novas partes do caminho, e vamos gastando cada vez menos energia para chegar lá. Até chegar o ponto que vamos sem quase pensar, porque o cérebro já gravou todo o percurso, sinaleiras, paradas, locais para estacionar, horários, tudo.

Virou um hábito! Como tantos outros que temos.Tanto que as vezes nos perguntam porque fazemos tal coisa, e a resposta é “não sei”.

A utilidade desta informação é que podemos modificar um parte do hábito, e transformá-lo em algo mais útil, ou mais agradável, ou ainda, mais produtivo.

O resto vou deixar para o outro post.

Qual hábito que você tem, que te deixa improdutivo?

Escreva um comentário pra compartilhar com a gente! No próximo post eu conto um meu, ok?

Pra entender melhor, veja este vídeo sobre o livro.

Abraço,

Gérson.

Os escolhidos para o Planejamento de 2013

Ola pessoal,

Primeiro preciso agradecer as diversas pessoas que me enviaram seus e-mails contanto suas histórias e seus planos para o próximo ano. Muitos desejos, esperanças e crescimento para 2013.

Queria também agradecer ao Christian Barbosa que ajudou na seleção destas duas pessoas, lendo os e-mails e dando sua opinião.

O objetivo deste acompanhamento é guiar estas duas pessoas no alinhamento de suas idéias e no planejamento destas idéias para o próximo ano, para que elas se tornem realidade. Esse trabalho será totalmente personalizado, já que teremos que adequar idéias à metodologia e a execução, conciliando tudo com a vida que já existe, e sugerir as adaptações necessárias.

Os escolhidos foram o Danilo Carrer de Jundiaí, SP, e o Holden Macedo.

O início do acompanhamento será na segunda-feira dia 22/10/2012.  Até lá, vou enviar e-mail para os escolhidos para começarmos o trabalho.

Para aqueles que não foram escolhidos desta vez, irei publicar no blog os passos principais para fazer sua própria programação e você poderá acompanhar a evolução e os problemas enfrentados na hora de planejar 2013.

Enviarei um e-mail de agradecimento a todos que escreveram!

Muito obrigado!

Abraço,

Gérson.

A exceção é um veneno!

Hoje conversando com o meu pai, o grande  Rubem Worobiej, ele estava falando sobre ritos e padrões, e ele disse uma coisa que me fez pensar;

“A exceção é um veneno!”

Custei um pouco pra entender o que isso queria dizer, e me dei conta que é verdade.

No trabalho lido todos os dias com processos rotineiros e procedimentos que fazem parte do trabalho diário. Um procedimento é  um roteiro de como fazer uma coisa. Para passar café você tem um procedimento que seguem determinados passos, que foram pensados para que o resultado seja o esperado; um bom café.

Para todos os procedimentos do trabalho, também. Você tem que seguir certos passos para ter o resultado esperado; uma tarefa concluída sem erros, nem atrasos, NEM ATALHOS!

Ai que me dei conta que a exceção é realmente um veneno! Porque quando você abre uma exceção para qualquer procedimento, você envenena aquela rotina, e ela vai se deteriorando e com o tempo e morre!  E esta bagunça faz a sua tarefa lenta, chata, cheia de incertezas, e com uma grande perda de tempo.

Esta exceção, é a maldita “Lei de Gérson”, daquele comercial infeliz onde o meu xará  🙁  diz que aquele cigarro é pra quem gosta de levar vantagem em tudo. (Pra quem não sabe do que estou falando procure no You Tube) Essa mania de dar um jeitinho pra tudo, e de sempre achar que fazer uma coisa por um atalho é um grande esperteza!

Por isso devemos examinar nossos processos pra ver se todas as etapas são realmente necessárias. Se não estamos burocratizando demais com rotinas inúteis. Se você acha que um procedimento esta errado, mostre porque. Apresente a sua solução e demonstre qual a sua ideia, e porque ela é importante e o quanto vai melhorar a eficiência da tarefa.

Não tente mudar um processo só pra mostrar trabalho, e pra fazer bonito. Não reinvente a roda.

Lembre-se disso a próxima vez que fizer uma exceção a um procedimento existente.

Abraço,

Gérson.

 

Urgências liberam Adrenalina??

Mas e ai pessoal!

Hoje enquanto estava na academia pensei em uma coisa; será que muita gente deixa tudo pra última hora por causa da adrenalina?

Pense bem! Seu dia esta uma correira só, muitas coisas pra fazer, reuniões, pessoas vindo na sua mesa o tempo todo, o dia passando e aquele relatório esperando uma brecha na sua agende cheia. O meio dia já passou e você teve que comer aquele sanduíche porque não dava tempo de sair pra almoçar, e dai aproveitou pra dar uma olhada no relatório. Três da tarde, e alguém vem até você desesperado com um problema que só você pode resolver, porque você não deixa ninguém na mão, e você topa a tarefa. Você conhece o assunto, e sabe que pode resolver em pouco tempo. Quatro e meia, você entrega o problema resolvido e a pessoa, agradece emocionada e faz uma reverência majestosa. Hora de enfrentar o inimigo terrível. O RELATÓRIO!!!! Concentração, foco, os relatório começa a tomar forma, mais uma página, mais um gráfico, você lembra de uma reportagem que fala exatamente sobre o assunto do relatório, e você sai em busca da matéria. Google, e-mail, celular, ACHEI!!! matéria incluída no relatório com gráficos coloridos, e mais de dez páginas! Impressora! Sem tinta. Quinze para as seis da tarde. O prazo é às 18horas. Troca o cartucho, alinha, página de teste, volta para o micro, imprimir, e…..

…vai saindo o relatório página por página, e você ali, na frente da impressora pra não deixar ninguém chegar perto. Pastinha nova para dar o toque final, e segue a caminho  da mesa do seu chefe, que fica olhando curioso, porque já esta arrumando suas coisas pra ir embora. 18:59, e o relatório esta na mesa do chefe!!!!  Uhaauuuuu! Que adrenalina!!!! Içaaaaaa!!!

: |

Adrenalina vicia mesmo. Pergunte ao surfista ai….

Mas quanto tempo você aquenta isso?

Por quanto tempo você aquenta trabalhar nesse nível de stress? Quanto tempo a sua família aquenta esse cara neurótico? Quanto tempo o seu coração aquenta viver inundado de adrenalina todos os dias?

Não muito!

Ter uma vida planejada, não significa uma vida chata e sem emoções. A grande emoção do planejamento é ver a sua vida andando pra frente, atingindo objetivos que deixem você e a sua família feliz. Ter tempo pra tomar decisões com mais calma e mais sábias. Ter tempo pra cuidar de você mesmo.

Deixe a adrenalina para o final de semana, e compre uma pracha de surf. Afinal, com planejamento, dá pra sair de férias pra surfar!

Abraço,

Gérson.

Com tanto planejamento, ainda tem lugar para o improviso?

Improvisar é algo que esta bem presente no nosso cotidiano.

Resolver um problema que parece insolúvel, que surgiu de repente,  tendo um estalo de inspiração, é algo que dá uma grande satisfação.

Mas a gente sabe que isso não acontece todo dia para nós meros mortais. Quando o problema estoura na nossa cara, não há muito o que fazer. É assumir a culpa, ou achar alguém pra culpar; o sistema, o trânsito, a chuva, o colega, qualquer coisa serve!

Mas com todo o planejamento que sempre falamos, ainda tem espaço para o improviso? Eu acho que tem!

É bem sabido que não podemos planejar tudo, porque não conhecemos todas as variáveis do problema, então temos que deixar uma margem para o imprevisto.

A grande diferença é que quando planejamos algo diminuímos a quantidade de variáveis ao máximo, deixando apenas algumas poucas que ainda podem ser monitoradas.

Dependendo do problema, podemos conhecer as variáveis e ter soluções prévias para as que ocorrem com mais frequência.

Mas o improviso sempre vai estar presente. Mas resolver um problema na base do improviso com a cabeça fresca é uma coisa, outra é estar com tudo atrasado, e ainda ter que imaginar  uma solução impensada para aquele pepino de última hora.

Então não é preciso se preocupar com absolutamente TODAS  as variáveis de um planejamento, mas diminuir sua quantidade até um nível razoável.

Deixe para exercitar sua criatividade quando ela for realmente necessária, não todo dia, a toda hora.

Veja um vídeo muito interessante sobre planejamento!

Abraços improvisados,

Gérson.

Como você lida com as interrupções durante o trabalho?

Não sei vocês, mas as interrupções que ocorrem durante o trabalho são o que mais me fazem perder tempo.

Quando você esta lá, concentrado naquela tarefa importante, que precisa da sua atenção máxima, toca o telefone, aparece um novo e-mail, você lembra que faz mais de cinco minutos que você não olha o Facebook, e dá aquela coceira de dar só uma olhadinha….

O que deixa muita gente esgotada mentalmente é a troca frequente de foco durante o trabalho. Quando você esta fazendo a dita tarefa, e alguém vem na sua mesa para perguntar alguma coisa, a sua atenção sai da tarefa e vai para a pessoa. Assunto terminado, você tira a sua atenção da pessoa, e volta para a tarefa, que agora você tem que lembrar o que estava fazendo pra pegar o fio da meada, de onde parou. Quando você esta quase conseguindo toca o telefone e você tem que atender, dai você tira a sua atenção da tarefa e se muda mentalmente para o telefonema!

Essa troca de atenção, alem de te esgotar, e fazer você fica cansado da tarefa, faz você perder tempo entre uma coisa e outra. Dai se passaram duas horas e você progrediu quase nada na execução daquele trabalho.

Como não há como não ser interrompido seja lá pelo que for durante o trabalho, existem técnicas bem fáceis que você pode adotar para minimizar ao máximo as interrupções indesejáveis.

Veja este vídeo do Christian, tirado do site da Você S/A, sobre como gerenciar suas interrupções, e comece amanhã mesmo sendo mais produtivo.

Aprenda a minimizar suas interrupções e ser mais produtivo.

Se tiver alguma dúvida, me escreva!

euusoneotriad@yahoo.com.br

Abraço,

Gérson.

Ajuda para iniciantes no Neotriad.

Olá pessoal,

Quando comecei a usar o Neotriad, tive um pouco de dificuldade, porque tinha que me familiarizar com a metodologia e com o programa ao mesmo tempo.

Aos poucos tudo foi se tornando mais fácil,  e pude fazer o Neotriad corresponder à minha rotina de trabalho.

Depois de tanto usar, consegui fazer um roteiro para utilização, que se mostrou bem eficaz.

Se você é iniciante, na metodologia, e no programa, posso dar uma mãozinha neste início te ajudando com algumas dicas práticas.

Veja este post, pra ver como funciona.

 

Abraços,

Gérson.

Tarefas Predecessoras. Tutorial de Como usar!

Mas e ai pessoal.

Atualizando alguns projetos, e editando um grande projeto de Acompanhamento de iniciantes do Neotriad, descobri um recurso que ainda não tinha usado, as Tarefas Predecessoras. Basicamente tu pode dizer para o Neotriad, qual tarefa vem antes da outra, e fazer com que a segunda, só inicie depois que a primeira for completada.

Isso quer dizer que enquanto a primeira estiver sendo executada, ou adiada, a segunda, não vai ficando pra trás. Vai se modificando conforme a primeira.

Muito legal não?

Tão legal que fiz um post sobre como incluir estas tarefas predecessoras. Então, aperte o cinto.

Dentro do Projeto aberto em que estamos trabalhando, adicione uma tarefa como faria normalmente.

 O Neotriad vai perguntar se você deseja linkar esta nova tarefa com o projeto aberto!

Inclua a primeira tarefa normalmente colocando todas as informações possíveis.

Repare no texto da tarefa e nas datas que eu coloquei para que tu possa entender melhor.

Depois você vai incluir a segunda tarefa. Ela vai ser deixada de propósito com as datas de antes da primeira para você poder ver como elas mudam depois de editadas as Predecessoras.

Veja o texto da segunda tarefa, e compare as datas da primeira e da segunda.

A Segunda aparece com a datas anteriores a da Primeira.

Depois você vai clicar em PREDECESSORAS na tarefa que deve ser a Segunda a ser executada.

Começa a digitar o nome da tarefa que deve ser a Predecessora esta que você esta editando.

Escola o TIPO que você quer, neste exemplo estou usando o Término a Início.

Coloque quantos dias de intervalo você quer entre o Término da primeira tarefa, para o início da Segunda. E clique em Adicionar.

A tarefa predecessora daquela que você esta editando esta adicionada.

Depois de clicar em fechar, você vai ver que as tarefas irão ficar em ordem de data. Há mas isso não dá pra fazer usando a priorização? Sim, dá pra fazer, só que elas não vão ficar relacionadas, e irão ficando para trás, ficando marcadas em vermelho, de atrasadas.

Note que aqueles dois dias foram respeitados. A Primeira tarefa termina dia 24/04/2012, e a Segunda deve começar só em 27/04/2012, dois dias depois.

Na segunda tarefa o botão PREDECESSORAS ficará destacado, para você saber que esta tarefas tem tarefas que são predecessoras.

É isso.

Espero que seja útil este tutorial. Se você for iniciante no Neotriad, e precisa de uma mãozinha agora no início, dê uma olhada neste outro post, onde descrevo o Acompanhamento que estou fazendo para iniciantes.

Abraço,

Gérson.

Um Experiência Prática com o Neotriad. E-book.

Hoje vou repartir uma grande satisfação que tive este mês, que foi o publicação do sito do Neotriad, do meu primeiro  E-book, Uma Experiência Prática com o Neotriad.

Escrever é uma coisa que gosto bastante, junto com o hábito de ler.

Felizmente consegui unir duas coisas que gosto, que foi escrever e poder ajudar outras pessoas.

Tinha experimentado esta sensação quando fiz o meu primeiro blog, o Gestão Financeira, para unir os colegas da faculdade.  Foi muito legal, conseguimos trocar muitas informações úteis, e esclarecer muitas dúvidas de colegas de todo o país. Aprendi muito com a troca de informações que vinham dos mais diferentes lugares e pessoas. Foi realmente revigorante.

Durante todo o tempo da faculdade, eu já usava o Neotriad. Foi ai que então eu resolvi fazer este blog do  EuUsoNeotriad. Devidamente autorizado pelo Christian, usei o mesmo princípio do blog da faculdade; trocar informações com usuários e crescer, compartilhando.

Depois da inauguração do blog em abril do ano passado, tenho publicado pequenas dicas de como eu uso o Neotriad, e de com eu faço  a programação da semana, financeiro, e outros recursos. Era uma maneira de receber o mesmo tipo de informação de outros usuários enriquecendo meu uso do programa. Cada um usa o Neotriad de uma forma; alguns só anotam as tarefas que tem que fazer no dia, outros programam a semana, outros programam meses à frente, e outros têm toda a sua vida programada no software. Era isso que eu queria, conhecer estas pessoas e descobrir como elas usavam, e aprender dicas novas, conhecer soluções onde eu ainda sou deficiente, e por fim, crescer.

Clique na imagem.

Nasceu dai o e-book  Uma Experiência Prática com o Neotriad. Uma pequena história de como eu trabalhava antes, os problemas que enfrentei e o que eu fiz para resolver este problema. Mais uma maneira de mostrar que é possível não viver atolado de urgências e com a sua mesa transbordando de papéis. De sair no horário sem se sentir culpado, de cuidar da saúde e da sua família, sem também se sentir culpado.

Você vai me deixar muito feliz se alguma coisa do meu e-book servir pra você, e depois me contar. Fique à vontade para as críticas e para dúvidas, também. Me escreva: euusoneotriad@yahoo.com.br

Fico agradecido também pelo gentil texto que a kamila Assis escreveu para apresentar minha modesta publicação. Valeu Kamila!!

Também não posso deixar de agradecer o Christian, que teve a paciência de me incentivar quando perguntei o que ele achava desta ideia. Valeu Christian.

Baixe o meu primeiro E-book neste link.

Grande Abraço.

Gérson Worobiej.