PNL, O Poder do Hábito e Coach. O que tudo isso tem haver com Gestão do Tempo?

Mas e ai pessoal, tudo certo?

Com a aproximação do final do ano, começam as reflexões sobre se este ano valeu a pena, o que ainda falta fazer, o que eu não vou conseguir fazer mais, e todo aquele balanço anual tradicional.

Pois pensando nisso, eu lembrei de tudo o que aconteceu neste ano, de todos os treinamentos que participei, dos cursos, e que ligação cada um tinha com a Gestão de Tempo.

Cada um contribuiu com um pedado de conhecimento, mudando pequenas partes para que no final, ainda falte um empurrãozinho pra você engrenar na boa gestão do seu tempo.

A contribuição da Programação Neurolinguística, é o entendimento do porque fazemos algumas coisas mesmo que nos atrapalhem. Onde alguns comportamentos estão gravados e como podem ser reprogramados para um resultado melhor. Você descobre que tem crenças que limitam o seu crescimento, que você nunca se deu conta de que tinha isso. Quando você apenas descobre que esta crença existe é libertador, mesmo ainda não tendo se desfeito desta crença.

Com a Neurolinguística você aprende a visualizar novas situações que farão você melhorar seu desempenho, fazendo você ganhar mais tempo.

Qual o hábito que você quer mudar?
Qual o hábito que você quer mudar?

A leitura do livro O Poder do Habito, foi muito revelador pra mim. Devorei ele rapidamente. Depois que comecei, não consegui  mais parar de ler.  Nele eu entendi como nasce  um hábito. Como o nosso cérebro  funciona na hora de criar ou substituir um hábito, qual o mecanismo e como usar o mesmo  processo para instalar  um bom  hábito.

Com esta informação, pude examinar hábitos que tinha e pude modificá-los ou ajustá-los para que eu pudesse ficar melhor. Alguns destes hábitos podem estar fazendo você perder tempo inconscientemente.

 

E fechando o ciclo esta o Coach. O coach via usar algumas ferramentas de PNL, vai promover o seu autoconhecimento, e descobrir porque você faz, o que faz. Vai te ajudar na definição do seu propósito, das coisas que são realmente importantes pra você, e vai te acompanhar nesta jornada para que você ande com as próprias pernas.  Comportamentos são  entendidos, assimilados e modificados, e a figura do Coach esta ali para ser o facilitador destas descobertas.

o-que-e-coaching-profissional

 

Este é o objetivo do Coach em Gestão de Tempo ou Time Coaching, ajudar você a ter mais tempo, pra você e para o seu trabalho e sua família.

Afinal, tudo esta conectado!

Grande abraço,

Gérson.

 

 

A Hora da Virada.

Quando decidi seguir as dicas de gestão do tempo do Christian Barbosa, teve um momento que se tornou o momento da virada. Foi  quando decidi que faria as coisas diferentes.

Esse momento veio depois de em experimento que fiz quando ainda não tinha terminado de ler o livro da Tríade do Tempo. Foi quando juntei todos os papéis que estavam na minha mesa  e fiz uma montanha de papéis.

Todos estes papéis tinham apenas três destinos; ir para o lixo, ir para o arquivo ou serem resolvidos.

pilha-de-papeis

Comecei com o papel que estava no topo da pilha, e examinei ele cuidadosamente. Se era um assunto resolvido, uma anotação que não tinha relevância ia direto para o lixo. Se o assunto já tivesse sido resolvido, mas o papel tinha ainda alguma relevância e precisava ser guardado então ele ia para o Arquivo. Quando o assunto do papel ainda não estava resolvido e precisava de alguma AÇÃO  da minha parte ou de outra pessoa, eu o separava na pilha da AÇÃO.

Botei o que era lixo fora, e depois arquivei tudo o que tinha separado para arquivar. Deixei a pilha da Ação por último.

Para a minha surpresa a pilha da Ação era a menor de todas. Só esta separação me mostrou que a maioria das coisas que tinha na minha mesa ou era lixo, ou não devia esta ali.

Quando fui me dedicar à pilha da Ação, analisei cada assunto vendo se sua execução era urgente ou não. Separei então cinco pastas suspensas com os dias da semana, de segunda a sexta-feira, e fui colocando os papéis nas pastas dos dias em que eu iria resolver aquele problema.

No final deste processo a pilha de assuntos urgentes que deveriam ser resolvidos  naquele dia era realmente pequena, três ou quatro coisas apenas.

Depois, transformei os papéis nas pastas em tarefas e compromissos no Neotriad, e reuni todos os assuntos em uma única pasta chamada Meu Dia. Agora existia um método para processar as tarefas que chegavam, e não formei novas pilhas de papéis.

Esse foi o meu ponto de virada. Depois que eu descobri como é bom não ter pilhas de papéis inúteis na minha mesa, mantive ela sempre limpa.

Descubra a sua hora da virada e dê um passo em direção à sua produtividade.

Se precisar de ajuda é só me escrever.

Abraço,

Gérson.

 

Ano novo, novos planos!

Afinal, esta cedo para planejar 2014?

2014 promete. Vai ser uma ano de mudanças, de melhorias.

Um ano inteiro pra mover a nossa vida pra onde queremos. Tirar os velhos planos da gaveta, tirar o pó dos velhos sonhos, lembrar que um dia estivemos super exitados com uma ideia maluca que acabamos deixando guardada para quando tivermos “tempo” de executá-la (ou seja, nunca).

Pra qual lista dar maior atenção?
Pra qual lista dar maior atenção?

As possibilidades para o ano que vem são ilimitadas. Podemos dar uma virada na vida,  e mudar o curso para onde queremos. Deixar de ouvir os outros sobre o que deveríamos fazer, e tomar leme da nossa vida.

Difícil? Não! O mais difícil disso é decidir o que queremos. Depois disso o resto é fácil, e divertido, porque cada aperto que passamos é um passo na direção que queremos.

Você não tem plano nenhum para o próximo ano, então vai poder começar do zero. Caso você já tenha planos andando, é hora de fazer ajustes e ver se cabe mais algum junto.

Hoje respondi um comentário de um leitor sobre a inclusão de Metas e Projetos, como fazer, o que colocar, quantos projetos colocar dentro de uma meta, etc. Essas são dúvidas comuns para os iniciantes do Neotriad.

Como não posso decidir por você o que você quer, então vou dar  uma mãozinha mostrando como colocar seus planos no Neotriad de forma prática, incluindo Metas e Projetos, na nova versão do Neotriad (que ficou muito boa, e ainda vai ficar melhor).  A princípio vão ser três posts/tutoriais da série  “como fazer”,  mostrando como incluir Metas, depois um ou dois subprojetos e terminando os compromissos e tarefas recorrentes.

Estes exemplos poderão ser replicados para quase qualquer situação, assim você vai poder usá-los como base para incluir seus planos para o ano que vem.

Se tiver alguma sugestão de assunto ou plano para eu usar no meu exemplo, é só escrever.

Grande abraço,

Gérson.