Planejando o Próximo ano.

Pra você que acha difícil até planejar o seu almoço, não se preocupe, planejar o seu futuro próximo além de fácil é divertido.

Estamos chegando perto do final do ano, quando as coisas não resolvidas começam a se acumular para dezembro, com um rio com que tem  uma represa, com os galhos, tocos  e coisas  que o rio vai trazendo durante o seu caminho e que vão se empilhando perto do final. O projeto que foi sendo adiado, o curso que não deu pra começar, etc. E dai vai batendo o pavor de chegar no final de ano sem ter feito nada daquilo que você queria.

represa

 

Experimente fazer este exercício, tenho certeza que vai ser bem esclarecedor. Ache um lugar e um tempo só pra você, e tenha certeza que não será interrompido. Com uma folha de papel em branco e um caneta, comece a escrever todas as coisas que você quer fazer no próximo ano, mesmo que tenha que começar neste ano ainda. Liste todas elas, não seja tímido.

Também não entre em detalhes de cada projeto, escreva simplesmente ” Aprender uma segunda língua”, sem data de início, nem tempo, só aquilo que você quer fazer. Se achar mais divertido solte a imaginação e aumente sua lista.

Muito bom. Lista feita, guarde ela até amanhã, já foi muita emoção para um dia só! 🙂

No outro dia, o truque é olhar para a lista novamente, e riscar as coisas que terão uma conclusão muito longa, que precisam de vários passos antes para serem concluídas. Fique com os objetivos mais simples e realizáveis.

Se quiser pode deixar a sua lista para uma nova revisão no outro dia ainda, (temos tempo, faltam quatro meses para acabar o ano), mas se você gosta de emoção mesmo, demore-se pensando na importância de cada um para este momento da sua vida. Qual deles tem mais ligação com o presente, qual vai te deixar mais feliz,  qual é mais importante para a sua carreira atual, qual deles esta sendo adiado por anos, de uma chance para este, reflita o suficiente para ficar satisfeito e orgulhoso da sua lista de objetivos para o próximo ano. Reveja a sua lista até restarem apenas quatro objetivos.

Sim, só quatro! Não são cinco, nem três, são quatro!

A parte divertida deste processo é poder colocar e tirar objetivos da lista ao seu bel prazer, afinal você é dono  da sua vida, mova ela para o lado que quiser.

O objetivo final deste exercício é ter apenas os quatro objetivos escritos  em uma folha de papel. Se conseguiu isso, parabéns, você merece um descanso, porque esse processo é divertido mas cansa! Ufa!

Parabéns, você tem agora uma lista do seu futuro próximo.

O que fazer com ela?

Isso já é matéria para o próximo post. 😉

Me escreva para tirar suas dúvidas e dificuldades.

Grande abraço,

Gérson.

 

É, tenho escrito pouco!

Olá gente.

Tenho escrito pouco  por aqui é verdade.

Minha vida ficou um pouco mais acelerada com o começo da pós graduação, que aliás foi muito bem planejada, e entrou no momento certo. E  com este planejamento, veio também as aulas e os trabalhos para fazer, e todas as apostilas, e livros pra ler!

Minha vida ficou acelerada, mas não enlouquecida. O problema não é a velocidade, e sim a direção em que se esta indo.

Se você trabalha infeliz, em  um lugar que não gosta, você já acorda cansado, e sem vontade nenhuma de sair da cama, amaldiçoando o universo porque hoje é terça, e não domingo. O Facebook esta cheio destes posts, dizendo que odeiam segunda-feira, e adoram a sexta, porque sabem que vão se livrar da penúria que é ir ao trabalho.

Ao contrário, quando se esta fazendo algo com tesão, com prazer, alguns problemas se tornam menores e quase irrelevantes, e fazem você fazer coisas que antes pareciam impossíveis. Alguns tormentos da vida como acordar cedo no sábado pela manhã pra ir pra faculdade, passam a ser esperados e você acorda cheio de energia, toma café sorrindo e vai logo pra chegar na hora.

felicidade-no-trabalho

.

Bom, felizmente eu não sou assim! Gosto do que faço, e todo dia penso em maneiras de melhorá-lo.

Então apesar da vida acelerada, o equilíbrio esta mantido.

Quando se tem muita coisa pra fazer, e o dia esta ficando curto, é hora de deixar de fazer alguma coisa em nome do seu equilíbrio. E uma das coisas que tive que diminuir foram os post aqui no blog. Desculpem!

Mas continuo respondendo às dúvidas e todos os e-mails que chegam, portanto fiquem á vontade para escreverem quando quiserem!

Grande abraço,

Gérson.

Construa sua solução!

Olá!

Um dos livros que mais me impressionou quando li anos atras, foi “Paratii Entre Dois Pólos” do Amyr Klink.  Eu já tinha lido o “Cem dias Entre o Céu e o Mar” e tinha ficado fascinado pela história, e da maneira como ele tinha resolvido os problemas, além de naturalmente remar, da África até o Brasil.

Mas o que mais me marcou foi que ele começou a construção do barco pelo fim. Ele sabia das dificuldades de invernar na Antártida, sabia das dificuldades de navegar até lá, e a partir dai ele começou a construção do Paratii, moldando o barco para suportar cada problema. Me marcou também o momento em que, em uma reunião com um patrocinador, ele recebeu uma proposta pra fazer o barco com outro material, mais fácil e incrivelmente mais barato, que o projeto inicial, e ele disse não! Dias depois a proposta dele foi aprovada por unanimidade. Deste episódio ficou a frase: “O que importa é o material que é feito a sua vontade”!

Se a solução não existe, construa uma.
Se a solução não existe, construa uma.

Construa a sua solução!

Se você olha para os lados e não vê nenhuma solução para o seu problema, construa uma! Invente uma solução que resolva seu problema! Decida o que você quer para este ano, e crie as condições para que isso aconteça! Veja onde você quer chegar, veja o que é preciso para chegar lá e construa.

Se para tornar realidade o seu projeto, você tem que mudar algum hábito, invente, crie, faça acontecer. Claro que existe um método pra fazer isso, e para saber o que você quer, mas este post não se trata disso, se trata de dizer que é possível construir uma solução do nada, do vazio, inventada por você mesmo!

Veja, que se aquele magrinho conseguiu construir um barco de alumínio, patrocinado por uma empresa que fabrica aço, você também pode persistir e construir a sua solução!

Abraços,

Gérson.

Férias?? Mas quem vai fazer o que eu faço no trabalho???

Delegue, esta é a resposta.

Simples, não?

Não! Tem muita gente que não sai de férias porque acha que a empresa vai fechar se você não vier na próxima segunda-feira. Pois é, não vai fechar.

MesaEmbalada2

Mas porque é tão difícil delegar? No meu ponto de vista, delegar é difícil porque você não tem certeza que a outra pessoa saiba tanto da tarefa quanto você. Então tomamos conta daquela tarefa como um objeto raro, que só funciona na sua mão.

Bom, então qual a solução?

Métodos e processos!

Da próxima vez que você for fazer aquela tarefa, deixe  uma folha de papel em branco e um lápis,  e escreva cada passo que você da pra fazer a dita tarefa. Não precisa ser detalhista ao extremo. Comece escrevendo os grandes passos. Depois, vá detalhando pouco a pouco. O objetivo disso é poder transmitir o seu conhecimento de executar aquela tarefa.

Assim outra pessoa com o mínimo de treinamento, pode executar a tarefa de maneira satisfatória.

Não esqueça de anotar a versão de cada atualização, para que você não se perca.

Naturalmente o ideal é fazer este procedimento com bastante antecedência, assim você pode passar esta tarefa para o seu assistente enquanto você ainda não saiu de férias, e acompanhar a execução e corrigir pequenos erros.

Assim você sairá para férias tranquilo, sabendo que o mundo não vai cair se você não for trabalhar.

Comece a praticar antes das férias chegarem!

Abraço,

Gérson.

Porque planejar te deixa mais produtivo?

Durante esse tempo que uso o Neotriad, sempre ouvi falar de planejamento. Por onde quer que se ande, planejamento é a palavra de ordem. Alguns ficam muito bons em planejar, fazem planos detalhados, de metas definidas, e guardam em uma gaveta bem arrumada, e ficam com  a sensação de dever cumprido.

Outros dizem que planejar engessa a sua criatividade, que não da pra prever tudo, que é muita pretensão ficar planejando meses à frente, “E se  o mundo acabar? Pra que serviu o planejamento?” irão dizer! A diferença é que a chance de tudo dar errado é pouca, depois, mais vale um planejamento não usado, do que nenhum planejamento.

Outro efeito do planejamento eu só fui entender pouco tempo atras; quando você faz  um planejamento mínimo como o da semana, você “esvazia” a sua cabeça, das anotações mentais que você vai fazendo. Vai eliminando as “vozes” que passam pela sua cabeça. E dai, de cabeça fresca, você pensa muito melhor, e mais rápido. Por isso, quem é planejado pode tomar decisões mais rápidas, porque ele não precisa pensar em tudo novamente, só na emergência que surgiu!!

Tem outro “efeito produtivo” que o planejamento provoca, que é bem sutil;  Foco!

Quando não usava nada pra me organizar, eu chegava pela manhã, olhava a minha pilha de papéis, e tentava encontrar alguma que fosse agradável de fazer. Na maioria todas eram urgentes e o prazo estava no fim, então todas desagradáveis. Ai bate o desânimo, você vai tomar um café, passa na sala do colega pra comentar alguma coisa, (seja-lá-o-que-for), e sem mais opções volta pra sua mesa, pra enfrentar a pilha feroz de problemas. Só que já são 10h da manhã e você ainda não fez nada!!

Dai a adrenalina sobe, você fica elétrico, super-produtivo, faz muitas coisas ao mesmo tempo, e resolver algumas delas em tempo record!!

Só que isso não dura muito porque o stress consome muita energia, e logo você volta ao estado de apatia anterior.

Depois que você começa a planejar a sua semana, mesmo que o volume de trabalho aumente, você não perde a linha nem a produtividade, porque tem cabeça fresca, e energia pra resolver os imprevistos.

Então planeje-se minimamente pra você ver a diferença que vai fazer.

 

Hoje dia 27/11 aconteceu a última turma do ano do Triad Training em São Paulo. Parabéns às pessoas que fizeram o curso. Tenho certeza que serão bem mais produtivos que antes. Se precisarem de alguma ajuda, é só falar. Veja o post.

 

Abraço,

Gérson.

Planejamento 2013. Por onde começar.

Bem vindos Danilo e Holden,

Vamos começar o nosso planejamento fazendo um desenho!

Em outro post aqui no blog, falei como faço um mapa mental quando preciso planejar alguma coisa. Vamos começar por ai!

Quero que vocês peguem uma folha de papel em branco, e façam uma Linha do Tempo, e dividam ela para que mostre o ano de 2013.

É à mão mesmo, sem frescura. Olhem para o próximo ano que esta agora nas suas mãos. Vejam os projetos da sua vida que já estão rolando; faculdade, colégio, trabalho, e façam marcações que indiquem estes projetos. Marquem a sua data de aniversário com a idade que fará no próximo ano…..xí… entreguei a minha!! Mas vamos em frente. Marquem a data de aniversário das pessoas importantes na sua vida.

Vá incluindo agora, os projetos que vocês listaram antes quando falamos por e-mail. Coisas novas, desejos, começar o regime, começar a academia, começar um curso. Deu pra ver que minha pós graduação começa em Abril/Maio. Portanto já consigo ver que depois de Maio, vou estar bem ocupado.

Inclua o resto dos desejos para o próximo ano.

Isso deve dar  uma “visão” do seu futuro para o curto período de 2013. Está muito cheio? Selecione, dando prioridade aos mais importantes pra você e pra sua família. Discuta com sua família a programação do ano. Faça um diagrama destes para a família toda, e veja com fica.

Agora, quero que vocês passem a limpo deste diagrama em outro, apenas com os projetos que foram escolhidos! Antecipem coisas que vocês precisam fazer antes do projeto iniciar. Se o projeto for viajar para o exterior, um passo antes disso é tirar o visto, e coisa e tal.

Façam quantos gráficos vocês quiserem até ficarem satisfeitos com o resultado, e que vocês acham que vai ser EXECUTÁVEL, que esteja dentro da realidade. Nada que querer virar astronauta no ano que vem!!

Vocês devem ler ou reler o capítulo de Metas do livro do Christian, pra relembrar que as metas devem ser SMART.

eSpecíficas

Mensuráveis

Atingíveis

Relevantes

Temporal

Bom tema de casa! Vou querer ver os gráficos de vocês depois. E, claro, vou delegar esta tarefa na nossa equipe no Neotriad.

Dúvidas, escrevam!

Abraços,

Gérson.

Os escolhidos para o Planejamento de 2013

Ola pessoal,

Primeiro preciso agradecer as diversas pessoas que me enviaram seus e-mails contanto suas histórias e seus planos para o próximo ano. Muitos desejos, esperanças e crescimento para 2013.

Queria também agradecer ao Christian Barbosa que ajudou na seleção destas duas pessoas, lendo os e-mails e dando sua opinião.

O objetivo deste acompanhamento é guiar estas duas pessoas no alinhamento de suas idéias e no planejamento destas idéias para o próximo ano, para que elas se tornem realidade. Esse trabalho será totalmente personalizado, já que teremos que adequar idéias à metodologia e a execução, conciliando tudo com a vida que já existe, e sugerir as adaptações necessárias.

Os escolhidos foram o Danilo Carrer de Jundiaí, SP, e o Holden Macedo.

O início do acompanhamento será na segunda-feira dia 22/10/2012.  Até lá, vou enviar e-mail para os escolhidos para começarmos o trabalho.

Para aqueles que não foram escolhidos desta vez, irei publicar no blog os passos principais para fazer sua própria programação e você poderá acompanhar a evolução e os problemas enfrentados na hora de planejar 2013.

Enviarei um e-mail de agradecimento a todos que escreveram!

Muito obrigado!

Abraço,

Gérson.

Vamos planejar 2013?

Pois bem!

2012 já foi pro saco! Dançou!

Se você não fez o que queria ter feito este ano, já era! Agora não dá mais tempo!

Mas, (e sempre tem um “mas” ) tem um ano inteirinho a frente pra você fazer  a sua vida andar pra frente, e concentrar no que é realmente importante.

Quero ajudar duas pessoas a planejar o próximo ano, de maneira satisfatória, para que possam começar 2013 com uma linha geral traçada, e para que possam cuidar dos detalhes depois disso.

Isso deve levar uns quarenta dias. Não dá pra pensar um ano inteiro, de maneira razoável, em menos tempo que isso.

Pra fazer isso acontecer, vou criar uma equipe no meu Neotriad, e adicionar estas duas pessoas nesta equipe, para que possamos nos comunicar e delegar tarefas e compromissos, e assim controlar melhor os seus progressos. Esse vai ser nosso meio de comunicação.

A ideia é ajustar a vida atual destas pessoas, à uma programação básica para o ano que vem, ajudando a dar diretrizes para melhorar sua produtividade e rendimento.

Quem estiver interessado nesta pequena ajuda, precisa me enviar um e-mail, falando um pouco do como anda o gerenciamento do seu tempo, e porque querem começar a planejar 2013. É importante você colocar no assunto do e-mail os números: 2013

Todos os e-mails serão lidos e analisados por mim, e vou pedir que alguém da Triad também leia, para dar um suporte e escolhermos os candidatos.

Mas porque não fiz um sorteio?

Porque isso não tem a ver com sorte!

Porque não adianta planejar nada se você não estiver realmente comprometido. Se essa iniciativa não partir de você, nem toda a boa vontade do mundo vai fazer você cumprir 1/3 do planejado. Por isso os e-mails são importantes! Quero saber PORQUE você quer planejar o próximo ano, pra assim, poder te ajudar!  Me convença!!

A escolha será feita até o dia 15/10/2012!

Anote ai o e-mail: euusoneotriad@yahoo.com.br

O página do Facebook: www.facebook.com/euusoneotriad.rs

Abraços planejados!

Gérson.

Como mensurar suas Metas.

Com mensurar suas metas!

Hoje um colega de Neotriad o Paulo Cesar Vicente, tinha  uma dúvida bem pertinente; como eu faço pra mensurar minhas metas?

A mensuração da Meta depende do objetivo da Meta.

Se a Meta é perder uns quilinhos a mais, o seu indicador vai ser a quantidade de quilos que você perde durante o tempo que escolheu. Digamos que você quer perder 10 quilos em seis meses. (O exemplo clássico)

Quando você estiver incluindo sua meta de ficar mais magrinho(a), na aba de Mensurável você vai clicar em “Adicionar Indicador”

Ai você vai colocar os parâmetros de comparação que dizer respeito à sua meta. O título da meta. Escolha o tipo do gráfico.

Ai você vai incluir três parâmetros; aonde você estava quando começou (Valor Inicial), aonde você quer chegar (Valor Final), e aonde você esta agora (Valor Atual).

Claro que se você esta começando agora, o seu valor atual vai ser igual ao inicial.

Mas, à medida que os chocolates vão dando lugar a suculentas alfaces crespas, e deliciosos brócolis, ocupam o espaço de gordurosos queijos, o seu valor atual vai mudando.

Digamos que na próxima avaliação física que você fez na nutricionista, o seu peso mudou para 75 Kg. Então edite a sua meta, e mude o valor atual.

Veja que o gráfico se ajusta à nova realidade, e você VÊ uma mudança na direção da sua Meta.

Depois de outro mês, seu peso mudou para 73 Kg. Atualize o seu valor atual.

Que coisa boa ver o progresso do seu esforço hein??

Muito bem. Agora vamos dizer que você decidiu perder estes 10 quilos até o verão, que será daqui a seis meses (no nosso exemplo). Neste caso vamos usar como parâmetro o número de dias deste período de ser meses; 182 dias.

Então você terá dois parâmetros principais; 10 quilos em 182 dias, certo!

Inclua um segundo indicador, usando o mesmo procedimento anterior.

Faz uma semana que você começou a trabalhar na sua meta (7 dias). Adicione o indicador.

E agora você tem um modelo visual e fácil de ler.

De acordo com a sua programação de tarefas e compromissos ligados a esta meta, como um compromisso de  uma visita à nutricionista por mês, você vai atualizando o seu gráfico.

E ele se ajustará com as novas informações. Neste ponto você pode avaliar se vai conseguir perder os 10 quilos antes de fechar seu prazo, ou se vai ter que extendê-lo um pouco mais, ou comer outras coisas.

O mesmo princípio vale para outras medidas de tempo, como horas trabalhadas em um determinado projeto de arquitetura, ou um certo número de clientes conquistados em um ano, e tudo mais o que você precisar medir.

Lembre que o que não pode ser medido, não pode ser melhorado.

Ficou alguma dúvida?

É só falar! Deixe um comentário ai embaixo.

Abraço,

Gérson.

Esta cedo pra planejar 2013?

Muita gente acha que planejamento engessa o futuro e deixa pouca margem para mudanças.

O truque esta em fazer uma planejamento mais abrangente, em linhas gerais.

Se você acha que este ano já esta perdido, e que não da mais pra planejar nada para 2012, vamos começar a pensar em 2013?

Ai tem um ano inteiro para você decidir que direção você vai tomar, que caminhos seguir ou que caminhos deixar.

Quando pensei as coisas para este ano de 2012, peguei uma folha de papel, fiz uma linha de ponta a ponta, e dividi esta linha em quatro partes iguais. A metade era junho e as outras seguiam os trimestres do ano. Então marquei com uma barra um dos projetos que queria fazer. A entrega de um relatório financeiro em que estava trabalhando. Ele começava em fevereiro e terminava em abril.

Também marquei um outro projeto grande que deveria ir de março até setembro. Também marquei outras coisas que queria fazer durante o ano, alguns sonhos atrasados, e alguns poucos meio malucos.

Olhando depois a folha cheia de barras como um gráfico, ficou evidente que não dava pra fazer tudo. Então tive que priorizar, e decidir o que era mais importante. O ano que vem tem Pós Graduação, então vou precisar de mais tempo para estudar e vou precisar prever isso no meu planejamento. Então não adianta listar planos malucos que tenho, porque não vou conseguir fazer tudo, e isso vai me deixar mais frustrado.

Comece planejando com o que você já tem. Você já tem  uma rotina estabelecida porque todos os dias você leva os filhos pro colégio, busca a esposa no trabalho, tem aquele futebol na segunda-feira, etc. Então ajuste esta sua programação com o que você quer. Deixe um horário na semana para uma reunião com os seus botões, mesmo que seja um almoço sozinho, pra organizar as idéias e ser mais eficiente.

Muito antes de engessar a sua vida, o planejamento vai te dar liberdade pra mover o barco da sua vida, em um curso que lhe seja mais agradável e prazeroso. Experimente, tenho certeza que vai funcionar, e você vai se sentir melhor. 😉

Se precisar de ajuda, não deixe de escrever euusoneotriad@yahoo.com.br

Abraços,

Gérson.