A exceção é um veneno!

Hoje conversando com o meu pai, o grande  Rubem Worobiej, ele estava falando sobre ritos e padrões, e ele disse uma coisa que me fez pensar;

“A exceção é um veneno!”

Custei um pouco pra entender o que isso queria dizer, e me dei conta que é verdade.

No trabalho lido todos os dias com processos rotineiros e procedimentos que fazem parte do trabalho diário. Um procedimento é  um roteiro de como fazer uma coisa. Para passar café você tem um procedimento que seguem determinados passos, que foram pensados para que o resultado seja o esperado; um bom café.

Para todos os procedimentos do trabalho, também. Você tem que seguir certos passos para ter o resultado esperado; uma tarefa concluída sem erros, nem atrasos, NEM ATALHOS!

Ai que me dei conta que a exceção é realmente um veneno! Porque quando você abre uma exceção para qualquer procedimento, você envenena aquela rotina, e ela vai se deteriorando e com o tempo e morre!  E esta bagunça faz a sua tarefa lenta, chata, cheia de incertezas, e com uma grande perda de tempo.

Esta exceção, é a maldita “Lei de Gérson”, daquele comercial infeliz onde o meu xará  🙁  diz que aquele cigarro é pra quem gosta de levar vantagem em tudo. (Pra quem não sabe do que estou falando procure no You Tube) Essa mania de dar um jeitinho pra tudo, e de sempre achar que fazer uma coisa por um atalho é um grande esperteza!

Por isso devemos examinar nossos processos pra ver se todas as etapas são realmente necessárias. Se não estamos burocratizando demais com rotinas inúteis. Se você acha que um procedimento esta errado, mostre porque. Apresente a sua solução e demonstre qual a sua ideia, e porque ela é importante e o quanto vai melhorar a eficiência da tarefa.

Não tente mudar um processo só pra mostrar trabalho, e pra fazer bonito. Não reinvente a roda.

Lembre-se disso a próxima vez que fizer uma exceção a um procedimento existente.

Abraço,

Gérson.

 

Como mensurar suas Metas.

Com mensurar suas metas!

Hoje um colega de Neotriad o Paulo Cesar Vicente, tinha  uma dúvida bem pertinente; como eu faço pra mensurar minhas metas?

A mensuração da Meta depende do objetivo da Meta.

Se a Meta é perder uns quilinhos a mais, o seu indicador vai ser a quantidade de quilos que você perde durante o tempo que escolheu. Digamos que você quer perder 10 quilos em seis meses. (O exemplo clássico)

Quando você estiver incluindo sua meta de ficar mais magrinho(a), na aba de Mensurável você vai clicar em “Adicionar Indicador”

Ai você vai colocar os parâmetros de comparação que dizer respeito à sua meta. O título da meta. Escolha o tipo do gráfico.

Ai você vai incluir três parâmetros; aonde você estava quando começou (Valor Inicial), aonde você quer chegar (Valor Final), e aonde você esta agora (Valor Atual).

Claro que se você esta começando agora, o seu valor atual vai ser igual ao inicial.

Mas, à medida que os chocolates vão dando lugar a suculentas alfaces crespas, e deliciosos brócolis, ocupam o espaço de gordurosos queijos, o seu valor atual vai mudando.

Digamos que na próxima avaliação física que você fez na nutricionista, o seu peso mudou para 75 Kg. Então edite a sua meta, e mude o valor atual.

Veja que o gráfico se ajusta à nova realidade, e você VÊ uma mudança na direção da sua Meta.

Depois de outro mês, seu peso mudou para 73 Kg. Atualize o seu valor atual.

Que coisa boa ver o progresso do seu esforço hein??

Muito bem. Agora vamos dizer que você decidiu perder estes 10 quilos até o verão, que será daqui a seis meses (no nosso exemplo). Neste caso vamos usar como parâmetro o número de dias deste período de ser meses; 182 dias.

Então você terá dois parâmetros principais; 10 quilos em 182 dias, certo!

Inclua um segundo indicador, usando o mesmo procedimento anterior.

Faz uma semana que você começou a trabalhar na sua meta (7 dias). Adicione o indicador.

E agora você tem um modelo visual e fácil de ler.

De acordo com a sua programação de tarefas e compromissos ligados a esta meta, como um compromisso de  uma visita à nutricionista por mês, você vai atualizando o seu gráfico.

E ele se ajustará com as novas informações. Neste ponto você pode avaliar se vai conseguir perder os 10 quilos antes de fechar seu prazo, ou se vai ter que extendê-lo um pouco mais, ou comer outras coisas.

O mesmo princípio vale para outras medidas de tempo, como horas trabalhadas em um determinado projeto de arquitetura, ou um certo número de clientes conquistados em um ano, e tudo mais o que você precisar medir.

Lembre que o que não pode ser medido, não pode ser melhorado.

Ficou alguma dúvida?

É só falar! Deixe um comentário ai embaixo.

Abraço,

Gérson.

Última oportunidade de fazer o Triad Training.

Ola pessoal.

Em novembro terá o último Triad Training do ano.

Eu fiz o meu no ano passado, na mesma época e foi muito esclarecedor.  Pequenas dicas me fizeram ver coisas de modo diferente, e ver o que eu estava fazendo de errado. E olha que eu já usava o Neotriad há um bom tempo.

Uma das coisas de que me lembro bem, é sobre o gerenciamento da energia pessoal.

Algumas pessoas trabalham melhor pela manhã, outras à tarde. Descubra qual período do dia você é mais produtivo, e marque para este horário as tarefas e compromissos mais importantes. Sua produtividade vai mudar.

Não adianta deixar pra fazer aquela tarefa chata e longa, logo depois do almoço, se você volta da churrascaria com aquele soninho que deixa você ligado no piloto automático. As chances de você procrastinar vão ser enormes.

Sou mais produtivo pela manhã quando chego, então as coisas mais importantes da minha rotina estão marcadas para este horário. E fez uma grande diferença na minha produtividade.

Tenho certeza que será um curso revelador. Tanto do ponto do vista pessoal quanto profissional. Faça e depois me conte.

Grande abraço,

Gérson.

Urgências liberam Adrenalina??

Mas e ai pessoal!

Hoje enquanto estava na academia pensei em uma coisa; será que muita gente deixa tudo pra última hora por causa da adrenalina?

Pense bem! Seu dia esta uma correira só, muitas coisas pra fazer, reuniões, pessoas vindo na sua mesa o tempo todo, o dia passando e aquele relatório esperando uma brecha na sua agende cheia. O meio dia já passou e você teve que comer aquele sanduíche porque não dava tempo de sair pra almoçar, e dai aproveitou pra dar uma olhada no relatório. Três da tarde, e alguém vem até você desesperado com um problema que só você pode resolver, porque você não deixa ninguém na mão, e você topa a tarefa. Você conhece o assunto, e sabe que pode resolver em pouco tempo. Quatro e meia, você entrega o problema resolvido e a pessoa, agradece emocionada e faz uma reverência majestosa. Hora de enfrentar o inimigo terrível. O RELATÓRIO!!!! Concentração, foco, os relatório começa a tomar forma, mais uma página, mais um gráfico, você lembra de uma reportagem que fala exatamente sobre o assunto do relatório, e você sai em busca da matéria. Google, e-mail, celular, ACHEI!!! matéria incluída no relatório com gráficos coloridos, e mais de dez páginas! Impressora! Sem tinta. Quinze para as seis da tarde. O prazo é às 18horas. Troca o cartucho, alinha, página de teste, volta para o micro, imprimir, e…..

…vai saindo o relatório página por página, e você ali, na frente da impressora pra não deixar ninguém chegar perto. Pastinha nova para dar o toque final, e segue a caminho  da mesa do seu chefe, que fica olhando curioso, porque já esta arrumando suas coisas pra ir embora. 18:59, e o relatório esta na mesa do chefe!!!!  Uhaauuuuu! Que adrenalina!!!! Içaaaaaa!!!

: |

Adrenalina vicia mesmo. Pergunte ao surfista ai….

Mas quanto tempo você aquenta isso?

Por quanto tempo você aquenta trabalhar nesse nível de stress? Quanto tempo a sua família aquenta esse cara neurótico? Quanto tempo o seu coração aquenta viver inundado de adrenalina todos os dias?

Não muito!

Ter uma vida planejada, não significa uma vida chata e sem emoções. A grande emoção do planejamento é ver a sua vida andando pra frente, atingindo objetivos que deixem você e a sua família feliz. Ter tempo pra tomar decisões com mais calma e mais sábias. Ter tempo pra cuidar de você mesmo.

Deixe a adrenalina para o final de semana, e compre uma pracha de surf. Afinal, com planejamento, dá pra sair de férias pra surfar!

Abraço,

Gérson.