Porque tanta resistência em planejar?

Boa noite pessoal!

Todo mundo sabe que quando as coisas são planejadas elas são mais bem feitas, mais eficientes, mais bonitas e mais tranquilas. Então porque existe tanta resistência em planejar? Porque se diz que planejar é um saco, que planejar engessa as atividades ou não funciona?

Acho que o problema é assumir o compromisso.

Veja, quando você faz um contrato com o seu advogado, você assume o compromisso de cumprir todas as cláusulas daquele contrato. Se você não cumpre, as  consequências também estão escritas no contrato, e podem ser cobradas.

Quando você faz um planejamento, seja do que for, você assume o compromisso com você mesmo, e eventualmente com outras pessoas, e você terá a obrigação de cumprir este compromisso. Neste caso as consequências do não cumprimento do compromisso são a frustração e o desânimo de não ter conseguido fazer o que se propôs.

Então é mais fácil não fazer planejamento nenhum, assim você não assume o compromisso, e se as coisas não acontecerem não é culpa sua. Não é? E assim você vai deixando a vida passar fingindo que nada do que acontece é culpa sua, é sempre de alguém; da chuva que fez o trânsito trancar, do São Pedro que fez chover, do seu chefe que você não ganhou aumento, da empresa que te enche de trabalho, etc.

É claro que nem sempre o planejamento sai como esperado, imprevistos fazem parte da vida. Mas é melhor ter  um planejamento capenga do que não ter nenhum.  Uma das coisas mais interessante que notei quando comecei a usar a metodologia do Christian, foi que era preciso deixar espaço no panejamento para o imprevisto acontecer. Se ele acontecer, você tem recursos ( tempo ou dinheiro) pra resolvê-lo, se ele não acontecer, você terá um excedente destes recursos para usar em outra coisa.

Achei engraçado fazer uma programação para o dia com o item: Imprevisto – duração: 01h.

Acho também é que isso que o Christian quer dizer quando fala de olhar a vida pela janela sem participar dela.

Planejar, significa assumir o controle da sua vida. Assumir o controle da sua pia cheia de louça pra lavar, se o seu plano é acordar com a pia vazia, e poder escolher uma xícara limpa para tomar café. Assim como assumir o controle do seu trabalho,  organizando o que você tem pra fazer e criando uma rotina para fazer o trabalho fluir e deixar você mais tranquilo.

Portanto, planejar é dizer que quem manda na sua vida é você e não outra pessoa. Comece planejando o que você tem pra fazer amanhã no trabalho fazendo uma lista e colocando o item mais importante primeiro. Inclua a sua vida nesta lista, sua mulher, seus filhos, seu marido, seus pais!

Então meu chapa, assuma o controle da sua vida, saia da janela, e vá pra rua !

Me conte depois como é a vista lá da rua!

Abraço,

Gérson.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *